Buscar
  • Luciana Scapin

A Emissão de Carbono no Mundo e seu Impacto nas Mudanças Climáticas



Na próxima semana comemora-se o Dia do Planeta Terra, uma data sobre a importância de nos mantermos conscientes e informados sobre os impactos que causamos diariamente ao meio ambiente.

Que tal aproveitarmos a data para aprofundar o diálogo sobre a relação entre mudanças climáticas e a emissão de CO2?



Atualmente, a Terra está 1,1°C mais quente que no início da Revolução Industrial. Esse aumento de temperatura é o que conhecemos como aquecimento global, um processo causado pela emissão massiva de gases por diversas atividades humanas, intensificando o efeito estufa. A queima de combustíveis fósseis e o desmatamento são duas das principais atividades responsáveis pelo aumento da emissão de gás carbônico (CO2, dióxido de carbono), um grande catalisador de mudanças climáticas.


Acordo de Paris: como reduzir nosso impacto nas mudanças climáticas?


Entramos agora no sexto ano do Acordo de Paris, firmado por 195 países para garantir um futuro com baixa emissão de carbono e manter a temperatura do planeta bem abaixo dos 2ºC. Entretanto, no ritmo atual de emissão de CO2, a temperatura global poderá crescer entre 3 e 5 graus Celsius até o final do século XXI.


Para resolvermos essa crise ambiental, as nações têm se comprometido a alcançar a “Rede Zero”, ou seja, a neutralidade de carbono até 2050.


Rede Carbono Zero: realidade ou utopia?

União Européia, Japão, Coréia do Sul e mais 110 países estão comprometidos em alcançar a neutralidade de carbono até 2050. A China se comprometeu a fazer o mesmo até 2060. Porém, será que realmente caminhamos para essa mudança?


A transformação só pode ser feita com governos nacionais que assumam a responsabilidade pela redução da emissão de dióxido de carbono, criando legislações e regulamentos que garantam melhorias.


Como alcançar o objetivo da Rede Carbono Zero?


Além do compromisso dos países e seus líderes, toda a sociedade deve assumir sua parte nesse objetivo.

Para tal, empresas devem se empenhar em conhecer e aplicar o Pacto da ONU em suas corporações, incorporando o método ESG em sua cultura.


Enquanto indivíduos, devemos repensar nossos hábitos de consumo e adotar atitudes mais sustentáveis.


Ações e tecnologias para Rede Carbono Zero


  • Fontes renováveis de energia: energia solar e eólica, além de menos poluentes, são mais baratas.

  • Menos carne, mais plantas: a indústria pecuária é responsável pela emissão de gases estufas e desmatamento.

  • Preservação e renovação de florestas, manguezais, jazidas de turfa, solo e reservas de algas marinhas: são responsáveis por regular as emissões de gases que não são causados por ação humana.

  • Melhorar técnicas do setor agrícola: cultivo menos agressivo para a terra e para as pessoas.


Dia do Planeta Terra: #restoreourearth


O evento deste ano será sobre o tema Restore Our Earth (Restaure Nosso Planeta Terra, em tradução livre), com discussões para descobrirmos como podemos desempenhar um papel na reparação dos danos causados ao meio ambiente. A redução na emissão de carbono é um excelente caminho para isso.


Vamos juntos?


Quer conhecer mais ações que transformam nosso planeta e sociedade? Acompanhe nosso Instagram, Linkedin e Facebook para ficar por dentro desse e outros assuntos.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo